.Relógios do Mundo
Clique aqui para saber as horas em qualquer parte do Mundo

.Para o leitor

Qual o livro que mais o marcou? Partilhe aqui a sua opinião!


What is the book of your life? Share your opinion here!


Deixe os seus comentários e sugestões aos artigos do Blog. É fácil, não necessita de registo e torna este Blog mais interessante com o seu contributo. Para saber mais clique aqui



.Mais sobre mim
. Sobre a Mafalda




.links
.arquivos

. Maio 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Outubro 2005

.posts recentes

. Homenagem a Veiga Simão

. Ondjaki vence Prémio Lite...

. Cartas entre Drummond e J...

. "Papa Francisco - Convers...

. José Luís Peixoto o padri...

. José Gomes Ferreira e o s...

. O(s) prefácio (s) de Gasp...

. "Portugal: Dívida Pública...

. Agualusa vence Prémio Man...

. Conheça quais são as livr...

.pesquisar
 
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009
"O capitalismo de acordo com Michael Moore", por Ricardo Reis, no "i"

Antes de vos deixar com as palavras de Ricardo Reis sobre o último documentário de Michael Moore partilho que:

 

 
Vi um dos mais polémicos documentários de Michael Moore, 2004 - Fahrenheit 11 de setembro (Fahrenheit 9/11), quando me encontrava nos Estados Unidos. Ainda hoje me recordo de tal experiência não só pelo conteúdo - sendo que na altura me encontrava a estudar “Relações Internacionais” e o tema do documentário era (aliás é) um tema pelo qual tenho especial interesse (e muita preocupação!);  mas sobretudo porque mantenho viva a experiência de passar horas numa fila para obter um bilhete. Longas horas para ir ver uma sessão de madrugada! Antes de ver o documentário já pensava: “Este Moore é um fenómeno!” Depois de o ver acrescentei: sabe relatar aquilo que todos ( de uma forma ou outra) querem ver/ouvir. Populista? Talvez. Assertivo: without doubts. É realmente estrondoso como é que um individuo constrói uma verdade e manipula dados, factos, de forma a caberem numa equação em que o resultado é sabido à cabeça. X mais Y igual a Z não é a linha de pensamento usada por este realizador. A lógica é contrária. Z é o resultado e vamos lá arranjar variáveis que somadas dêem a tão desejada última letra do abecedário. E digo sem reticências que o resultado não foi nada mau! Ainda não vi este último documentário mas - e face a todos os comentários que tenho lido e escutado -  uma coisa é certa: Se na altura, em Washigton DC, a cidade onde me encontrava, não se falava de outra coisa e isto porque as “grandes protagonistas” (pelos piores motivos segundo este documentário) eram as decisões tomadas na cidade; hoje, com este tema “ Capitalism: A love story”, o mundo está expectante por saber o que diz Moore. Existirá more of Moore?   
 
Enquanto não o vejo deixo-vos com um testemunho, muito bem escrito por sinal, de quem já viu.
 
 
"O capitalismo de acordo com Michael Moore", por Ricardo Reis no "i"
 
 
http://www.ionline.pt/conteudo/27987-o-capitalismo-acordo-com-michael-moore 

publicado por Mafalda Avelar às 18:51
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Augusto Küttner de Magalhães a 15 de Outubro de 2009 às 22:08
Penso ser de reflectir nestas frases de Ricardo Reis, no “i”:

Moore brilha sobretudo nos exemplos
Moore percebe uma das grandes lições do ensino: nada é tão persuasivo como um bom exemplo.
Mas a corrupção não é um problema só do capitalismo. Diz-nos a experiência que nos regimes comunistas há mais corrupção e com consequências mais trágicas.
Na cabeça de Moore há uma grande confusão entre os problemas do capitalismo e os problemas das democracias ocidentais.
Mas Moore é hoje uma vítima do seu próprio sucesso. Ninguém de relevo quer falar com ele. Resta-lhe passar minutos infindáveis do filme aos gritos com um megafone à porta de prédios cinzentos, sem que ninguém lhe preste atenção. Michael Moore é um cineasta talentoso. É triste vê-lo reduzido a um velho louco aos gritos no meio da rua.
De Augusto Küttner de Magalhães a 16 de Outubro de 2009 às 15:54
Aconselho o livro sobre:
- António Lobo Antunes?
tenho o gosto de casualmente o conhecer pessoalmente/razoavelmente, estou a ler o livro que é o - Antonio Lobo Antunes:
"UMA LONGA VIAGEM COM ANTÓNIO LOBO ANTUNES" de JOÃO CEÚ E SILVA.
Isto dado que e muito bem A MAFALDA já está aqui a não só falar em economia.

Um abraço do

Augusto

Comentar post

. Grandes Reportagens

. Ideias em Estante

. Reportagens
.Livros em destaque
."o livro que me marcou"
Alberto João Jardim

António Pinto Barbosa

António de Almeida Serra

Arquimedes da Silva Santos

Carlos Carvalhas

Carlos Zorrinho

Francisco Murteira Nabo

Graça Almeida Rodriques

João Castello Branco

José Amado da Silva

José Hermano Saraiva

Leonor Beleza

Luís Portela

Manuel Serzedelo de Almeida

Valentim Xavier Pintado

Vasco Vieira de Almeida

Vítor Melícias

António de Sousa

Guilherme D´Oliveira Martins

José Veiga Simão

Pedro de Sampaio Nunes

Martins Lampreia

Agostinho Pereira de Miranda

Mª do Rosário Partidário

Carvalho da Silva

Carlos Tavares

EM BREVE: mais cerca de 50 outros ilustres convidados que ainda não estão transcritos para este blog

.resenhas de livros

- O Livro da Marca

- The Origin of Weath

- A Competitividade e as Novas Fronteiras da Economia

- Choque do Futuro

- Como a Economia Ilumina o Mundo

- Making Globalization Work

- OUTRAS

.autores entrevistados

Rampini, autor do Século Chinês


Stephen Dubner e Steven Levitt, autores de "Freakonomics"


Tim Hardford, autor de "O Economista Disfarçado"


António Neto da Silva, autor de "Globalização, Fundamentalismo Islâmico e Desenvolvimento Sustentável"


Ashutosh Sheshabalaya, autor de "Made in Índia"

.entrevistas (áudio)

Alberto João Jardim

.Novidades Editoriais

Actual Editora


Esfera dos Livros


Porto Editora


Pergaminho


Campo das Letras


blogs SAPO
.subscrever feeds