.Relógios do Mundo
Clique aqui para saber as horas em qualquer parte do Mundo

.Para o leitor

Qual o livro que mais o marcou? Partilhe aqui a sua opinião!


What is the book of your life? Share your opinion here!


Deixe os seus comentários e sugestões aos artigos do Blog. É fácil, não necessita de registo e torna este Blog mais interessante com o seu contributo. Para saber mais clique aqui



.Mais sobre mim
. Sobre a Mafalda




.links
.arquivos

. Maio 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Outubro 2005

.posts recentes

. Homenagem a Veiga Simão

. Ondjaki vence Prémio Lite...

. Cartas entre Drummond e J...

. "Papa Francisco - Convers...

. José Luís Peixoto o padri...

. José Gomes Ferreira e o s...

. O(s) prefácio (s) de Gasp...

. "Portugal: Dívida Pública...

. Agualusa vence Prémio Man...

. Conheça quais são as livr...

.pesquisar
 
Quarta-feira, 12 de Março de 2008
O livro que marcou - A economista feminista
Fátima Sequeira Dias – Economista que luta pelos direitos das Mulheres
 
O livro - “ O livro negro da Condição das Mulheres” , dirigido por  Christien Ockrent ( versão portuguesa - Círculo de Leitores
 
“Existe um défice de 90 milhões de mulheres na Ásia em apenas 7 países”; “A feminização da pobreza é uma realidade mundial. Entre os pobres do mundo, os mais pobres são sempre as mulheres. E, destas, as analfabetas, as velhas e as negras são as mais pobres das pobres!”; “2/3 dos 1.000 milhões de pessoas que são analfabetas são mulheres”. Estas são apenas três constatações que dão força às causas feministas de  Fátima Sequeira Dias, Professora Catedrática em História Económica e docente do Departamento de Economia e Gestão, na Universidade dos Açores. Uma professora, que neste dia 8 de Março – Dia Internacional dos Direitos da Mulher - confessa que faz “alguma intervenção pública pela causa feminista” por considerar que a mulher é completamente discriminada nos dias de hoje – tanto profissional como pessoalmente ( esta última mais em países em vias de desenvolvimento). E por isso nada mais pertinente do que falar de uma obra que a marcou pelo conteúdo descritivo e chocante. “ O livro negro da Condição das Mulheres” (Círculo de Leitores) é para Sequeira Dias não só um manuscrito marcante mas de leitura importante. Dirigido por Christine Ockrent, jornalista de origem belga, “que decidiu reunir um dos maiores e mais documentados números de exemplos claros de abuso e violação dos direitos da mulher”, este livro conta com a colaboração de 40 especialistas das mais variadas áreas e lugares do mundo. Uma obra que visa apelar à segurança, à integridade, à liberdade, à dignidade e à igualdade de todo o ser humano. Um livro onde se fica a saber quais as discriminações em relação à Mulher nos cinco cantos do Mundo. E, se nuns continentes existe “a chamada escravatura moderna da mulher”; outros existem, ainda que assim considerados mais modernos, onde a discriminação passa por “diferenças flagrantes em termos da possibilidade carreira e de acesso ao poder político”, como é o caso da situação que, ainda, ocorre na Europa. Neste dia da Mulher termino escrevendo: esta situação é uma vergonha para Homens e Mulheres. Ainda bem que existem livros que relatam estas situações. Esperemos que em breve este tipo de livros tenha poucas páginas.

publicado por Mafalda Avelar às 18:52
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De João Carreira a 12 de Março de 2008 às 20:39
Olá Mafalda,

Gostei muito deste 'post' e do livro, mesmo que negro.
...Mas esperemos que em breve deixe de existir.´
Se reparar no mundo os paises mais desenvolvidos têm uma cultura matriarcal e protectora da mulher.
Os paises pobres e menos desenvolvidos a mulher vive numas condições terríveis; competindo com a escravidão.
Ora, as mulheres educam os filho e os filhos serão homens; se uma mulher viver com medo, limitações e carências os seus filhos vão herdar os receios da mãe.
Uma sociedade evoluiu na medida em que permite o acesso livre e em igualdade dos bens a todos os cidadãos e nisso Portugal ainda tem um longo caminho pela frente. Esperemos que a distância seja feita rapidamente e que os homens e as mulheres evoluam bem depressa e em igualdade.

Com estima e admiração,

João

Post-Scriptum: Já reparou que W.Buffett vai à frente na Forbes? ;)

Comentar post

. Grandes Reportagens

. Ideias em Estante

. Reportagens
.Livros em destaque
."o livro que me marcou"
Alberto João Jardim

António Pinto Barbosa

António de Almeida Serra

Arquimedes da Silva Santos

Carlos Carvalhas

Carlos Zorrinho

Francisco Murteira Nabo

Graça Almeida Rodriques

João Castello Branco

José Amado da Silva

José Hermano Saraiva

Leonor Beleza

Luís Portela

Manuel Serzedelo de Almeida

Valentim Xavier Pintado

Vasco Vieira de Almeida

Vítor Melícias

António de Sousa

Guilherme D´Oliveira Martins

José Veiga Simão

Pedro de Sampaio Nunes

Martins Lampreia

Agostinho Pereira de Miranda

Mª do Rosário Partidário

Carvalho da Silva

Carlos Tavares

EM BREVE: mais cerca de 50 outros ilustres convidados que ainda não estão transcritos para este blog

.resenhas de livros

- O Livro da Marca

- The Origin of Weath

- A Competitividade e as Novas Fronteiras da Economia

- Choque do Futuro

- Como a Economia Ilumina o Mundo

- Making Globalization Work

- OUTRAS

.autores entrevistados

Rampini, autor do Século Chinês


Stephen Dubner e Steven Levitt, autores de "Freakonomics"


Tim Hardford, autor de "O Economista Disfarçado"


António Neto da Silva, autor de "Globalização, Fundamentalismo Islâmico e Desenvolvimento Sustentável"


Ashutosh Sheshabalaya, autor de "Made in Índia"

.entrevistas (áudio)

Alberto João Jardim

.Novidades Editoriais

Actual Editora


Esfera dos Livros


Porto Editora


Pergaminho


Campo das Letras


blogs SAPO
.subscrever feeds