.Relógios do Mundo
Clique aqui para saber as horas em qualquer parte do Mundo

.Para o leitor

Qual o livro que mais o marcou? Partilhe aqui a sua opinião!


What is the book of your life? Share your opinion here!


Deixe os seus comentários e sugestões aos artigos do Blog. É fácil, não necessita de registo e torna este Blog mais interessante com o seu contributo. Para saber mais clique aqui



.Mais sobre mim
. Sobre a Mafalda




.links
.arquivos

. Maio 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Outubro 2005

.posts recentes

. Homenagem a Veiga Simão

. Ondjaki vence Prémio Lite...

. Cartas entre Drummond e J...

. "Papa Francisco - Convers...

. José Luís Peixoto o padri...

. José Gomes Ferreira e o s...

. O(s) prefácio (s) de Gasp...

. "Portugal: Dívida Pública...

. Agualusa vence Prémio Man...

. Conheça quais são as livr...

.pesquisar
 
Terça-feira, 29 de Maio de 2007
"O Livro que me marcou" - Carlos Tavares
Convidado: Carlos Tavares
 
 “The Accidental Theorist and Other Dispatches from the Dismal Science” (1998), de Paul Krugman foi um dos livros que mais marcou Carlos Tavares, actual Presidente do Conselho Directivo da CMVM. “ Como vários livros do Paul Krugman este livro é escrito sobre economia - especialmente sobre economia internacional”, diz Tavares para quem esta obra - e, respectivo factor de diferenciação - é uma sequência que vem de outras do mesmo autor desde o “Pop Internationalism (1996) ao “Peddling Prosperity: Economic Sense and Nonsense in an Age of Diminished Expectations” (1995) e até ao “The Return of Depression Economics (1999)”
Não escondendo notável admiração por este autor, Tavares, licenciado em Economia pela Faculdade de Economia do Porto, confessa que quando os economistas têm que falar para as pessoas de forma a que elas entendam, às vezes existe a tentação de fazê-lo de uma forma primária tomando as pessoas como muito pouco conhecedoras.Mas segundo Tavares, que também é autor ( lançou este ano “Políticas Economicas para Portugal”, Fabu) esse “não é o caso do Krugman. Aliás só quem sabe muito de economia é que é capaz de fazer isto que ele faz: escrever de forma que qualquer pessoa consegue entender os fenomenos – desde a globalização à concorrência, ao comércio internacional, à inflação.” Tudo isto explicado de forma “muito atraente, exacta e precisa”
Este livro, que o Tavares leu “há já alguns anos” ( quando estava na banca de investimentos) é um colectânea de artigos que Krugman escreveu em diversos orgãos de comunicação e que tocam vários assuntos. “O mais interessante deles todos talvez seja o último, que se chama “Looking Backward”, diz o antigo Ministro da Economia do Governo de Durão Barroso (2002) para quem o autor faz um exercicio de escrever como se estivesse no final do seculo XXI falando sobre o que foi século XXI ( isto escrito em 99). “É notavel esse artigo”. Krugman fala da nova economia e do percurso que a nova economia fez no século  XXI mas chama muito a atenção para os outros factores de produção e para o facto de a internet não ser um fim em si mesma. “  Como Tavares refere, “rapidamente se viu que a internet é um instrumento extraordinário, a sociedade de informação é indspensável mas não é uma finalidade em si. São instrumentos de facto poderosos para esta revolução mas que não são a finalidade em si. São o apoio a negócios. Hoje os texteis, o vestuário, o calçado, que eram vistos como sectores menores ( nessa altura), têm se modernizado muito à custa das novas tecnologias.E, era para essa facto que este artigo chamava a atenção – como eu digo numa altura em que isto não era nada óbvio”, conclui. 

publicado por Mafalda Avelar às 21:32
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De João Carreira a 4 de Junho de 2007 às 21:33
Cara Mafalda,

Gosto imenso dos artigos de Krugman, e gostei imenso do livro do Dr. Carlos Tavares.
...Mas, Mafalda não está atrasada na actualização do seu precioso e útil blogue?

Com elevada estima e consideração,


João
De Mafalda Avelar a 5 de Junho de 2007 às 10:06
Caro João,
tem toda a razão...
Aqui ficam as minhas desculpas.
Cumprimentos,
Mafalda

Comentar post

. Grandes Reportagens

. Ideias em Estante

. Reportagens
.Livros em destaque
."o livro que me marcou"
Alberto João Jardim

António Pinto Barbosa

António de Almeida Serra

Arquimedes da Silva Santos

Carlos Carvalhas

Carlos Zorrinho

Francisco Murteira Nabo

Graça Almeida Rodriques

João Castello Branco

José Amado da Silva

José Hermano Saraiva

Leonor Beleza

Luís Portela

Manuel Serzedelo de Almeida

Valentim Xavier Pintado

Vasco Vieira de Almeida

Vítor Melícias

António de Sousa

Guilherme D´Oliveira Martins

José Veiga Simão

Pedro de Sampaio Nunes

Martins Lampreia

Agostinho Pereira de Miranda

Mª do Rosário Partidário

Carvalho da Silva

Carlos Tavares

EM BREVE: mais cerca de 50 outros ilustres convidados que ainda não estão transcritos para este blog

.resenhas de livros

- O Livro da Marca

- The Origin of Weath

- A Competitividade e as Novas Fronteiras da Economia

- Choque do Futuro

- Como a Economia Ilumina o Mundo

- Making Globalization Work

- OUTRAS

.autores entrevistados

Rampini, autor do Século Chinês


Stephen Dubner e Steven Levitt, autores de "Freakonomics"


Tim Hardford, autor de "O Economista Disfarçado"


António Neto da Silva, autor de "Globalização, Fundamentalismo Islâmico e Desenvolvimento Sustentável"


Ashutosh Sheshabalaya, autor de "Made in Índia"

.entrevistas (áudio)

Alberto João Jardim

.Novidades Editoriais

Actual Editora


Esfera dos Livros


Porto Editora


Pergaminho


Campo das Letras


blogs SAPO
.subscrever feeds