.Relógios do Mundo
Clique aqui para saber as horas em qualquer parte do Mundo

.Para o leitor

Qual o livro que mais o marcou? Partilhe aqui a sua opinião!


What is the book of your life? Share your opinion here!


Deixe os seus comentários e sugestões aos artigos do Blog. É fácil, não necessita de registo e torna este Blog mais interessante com o seu contributo. Para saber mais clique aqui



.Mais sobre mim
. Sobre a Mafalda




.links
.arquivos

. Maio 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Outubro 2005

.posts recentes

. Homenagem a Veiga Simão

. Ondjaki vence Prémio Lite...

. Cartas entre Drummond e J...

. "Papa Francisco - Convers...

. José Luís Peixoto o padri...

. José Gomes Ferreira e o s...

. O(s) prefácio (s) de Gasp...

. "Portugal: Dívida Pública...

. Agualusa vence Prémio Man...

. Conheça quais são as livr...

.pesquisar
 
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009
Tertúlias: "Livros às 9"

Estimados e queridos leitores,

 

Realiza-se hoje a primeira tertúlia "Livros às 9". Iniciativa conjunta deste blog com a e.conomia.info.

 

Estes encontros são à porta fechada e têm como principal objectivo resgatar as antigas tertúlias e discutir temas do nosso quotidiano.

 

A primeira tertúlia é sobre "A Origem das Crises Financeiras" de George Cooper.

 

Este primeiro evento foi realizado com a colaboração do grupo Leya e do Barclays Bank.

 

                                            
Num momento em que
debate sobre modelos
económicos está ao rubro
e os dogmas que governaram
a política económica
dos últimos anos estão
a ser questionados, a
e.conomia.info em parceira
com o “livros à volta do
mundo” iniciam às tertúlias
“Livros às 9”. O objectivo é
juntar à volta de um livro e
de um café especialistas de
diferentes áreas com objectivo
de partilharem a forma
como, a partir dos respectivos
pontos de observação
sobre a sociedade, vêem
os desafios que hoje se
colocam à economia. O “A
origem das crises financeiras”
de George Cooper
inicia a iniciativa para a
qual temos o prazer de
contar consigo.
(In Newsletter e.conomia.info)

publicado por Mafalda Avelar às 02:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009
"O Dragão e o Elefante"

                                      foto             

O Dragão e o Elefante”, David Smith, Publicações Europa América, 24,91 euros
 
 
“A emergência da China e da Índia é, na minha opinião, o maior desenvolvimento das nossas vidas.” Quem o diz é David Smith, editor de Economia do Sunday Times e autor de diversas obras entre elas “O Dragão e o Elefante – China, Índia e a Nova Ordem Mundial”( Europa América, 294 páginas, 24,91 euros). Em conversa com o nosso jornal este autor fala-nos da China e da Índia como os grandes mercados deste século - e do próximo - e adianta que a maior conclusão deste livro é que a China e a Índia vão continuar a ser as maiores potências económicas ao mesmo tempo que o mundo continuará a olhar pela Ásia. E isto não obstante a actual crise financeira mundial onde alguns dados são colocados em causa mas não a certeza de que “A meio deste século as grandes três economias serão a China, a América e a Índia. E, isto possivelmente nesta ordem”. Para Smith é verdade que a actual crise está a ser um desafio para todas as economias e a China e a Índia não são excepções. “Mas o maior efeito nessas economias será através do enfraquecimento das economias ocidentais”. Porém estas economias emergentes continuarão a crescer, independentemente da recessão que a Europa, os Estados Unidos e o Japão estão a sofrer. Nesse aspecto a crise acelerou a importância relativa destes mercados. Esta é uma das muitas mensagem deste estudioso que escreve que “ A ascensão da China e da Índia é fascinante, animadora e, para alguns, muito preocupante” e acrescenta que “trata-se, simultaneamente, da coisa mais importante que alguma vez atingiu a economia global e do programa anti-pobreza mais eficaz que o mundo alguma vez viu. Por isso seria errado “ceder aos receios populistas e fechar as portas”, escreve Smith para quem os maiores desafios que nos esperam são: o aquecimento global, a escassez de matérias prima (e isto devido também ao crescimento da China e da Índia), os desequilíbrios da economia global e da necessidade de termos que desenvolver um sistema financeiro estável. Os desafios para a China e para a Índia passam por combinar um crescimento económico contínuo com uma boa e madura liberdade politica. A ler não só pela pertinência do tema como pelo bem estudado e apresentado conteúdo. Este é um livro onde mergulha pelo passado que o leva a entender bem o presente.

publicado por Mafalda Avelar às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Abril de 2009
Portugal é o segundo país da Europa onde se lê menos livros...

 

Portugueses justificam falta de leitura com preços, in TSF
 
Escute aqui a opinião de Rui Beja e Isabel Alçada sobre o Tema
 
"Portugal é o segundo país da Europa onde se lê menos livros. Cerca de 63 por cento dos adultos afirmam que no último mês não pegaram num livro. Editores e livreiros admitem que os livros são caros, mas culpam o baixo número de leitores.
 
Os últimos dados do Eurobarómetro, referentes a 2007, indicam que 49 por cento dos portugueses não leram um livro no ano anterior, numa percentagem só ultrapassada por Malta.
 
O Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor foi este ano pretexto para a Marktest saber como é que os portugueses se relacionam com a leitura.
 
O estudo mostra que 63 por cento dos adultos não leram um livro  no último mês e que as mulheres lêem mais do que os homens, talvez por isso, e ainda segundo o estudo, os romances são as obras preferidas de um terço dos leitores.
 
«O Equador», de Miguel Sousa Tavares, é o título mais referido como a leitura mais recente.   As referências dispersam-se por muitos títulos diferentes, mas os mais citados são «A Bíblia», «A Viagem do Elefante» de José Saramago, «As Palavras que Nunca te Direi» de Nicholas Sparks ou «Maddie: A Verdade da Mentira» de Gonçalo Amaral.
 
Outro estudo do Plano Nacional de Leitura, publicado em 2007, chegou a conclusões semelhantes sobre os hábitos de leitura dos portugueses.
Cerca de 52% dos portugueses admite não ter lido um único livro no ano anterior e o preço era uma das principais justificações para mais de metade dos leitores.
O presidente da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros - APEL, Rui Beja, admite que os livros são caros comparando com outros países, mas culpa o pequeno número de leitores.
O representante dos editores explica que «as tiragens reflectem-se num mercado que é restrito e isso faz com os livros não possam ter um preço tão baixo como nos mercados de grande dimensão com níveis de literacia e hábitos de leitura bastante superiores aos que temos em Portugal».
Isabel Alçada, Comissária do Plano Nacional de Leitura, partilha da mesma opinião e dá o exemplo dos países do Norte da Europa, onde uma população com maior formação escolar aumenta o número de leitores, diminuindo o preço dos livros."
por Nuno Guedes ( TSF)

 

publicado por Mafalda Avelar às 09:39
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009
Hoje: Dia Mundial da Terra

 

Tenho que confessar que desconhecia que hoje é o dia Mundial da Terra!
Tomei conhecimento através de um press release que acabo de receber e que partilho convosco neste post.
 
Apesar de hoje em dia existirem dias para tudo (algo que muitas vezes me irrita dado o cariz "comercial" de muitas destas datas), facto é que o dia Mundial de Terra, deste nosso planeta, tem que ser celebrado mais do que não seja através da lembrança de que o temos de estimar.
 

Aqui fica este press e um convite a uma leitura em nome da Terra.

 
 
 
 
 

 

 

TU PODES SALVAR O PLANETA - 101 maneiras de TU fazeres a diferença!
de Jacquie Wines
 
Os efeitos da poluição, do aquecimento global e da destruição do nosso planeta nunca foram tão visíveis e mesuráveis como actualmente.
 
Este livro apresenta e explica aos mais jovens os maiores problemas globais que necessitam de ser resolvidos JÁ e inclui uma lista com 101 sugestões práticas, inteligentes e divertidas que os mais novos podem implementar para fazerem a diferença no futuro do planeta. Reduzir, reutilizar, recuperar e reciclar são algumas das 'máximas' incutidas pelo livro, para que jovens e adultos actuem em defesa da quantidade finita de recursos do nosso planeta.
 
Destinado a crianças e jovens entusiastas e adultos preocupados, TU PODES SALVAR O PLANETA disponibiliza uma lista de endereços de Internet úteis para consulta e desafia ainda os leitores a assinarem o seu juramento ao planeta, comprometendo-se assim a agirem de acordo com tudo aquilo que leram no livro para, dessa forma, não se tornarem responsáveis pela destruição do futuro do nosso planeta.
 
IMPORTANTE
Este livro foi impresso em papel proveniente de árvores que crescem em florestas sustentáveis (o que significa que novas árvores são plantadas todos os anos para fornecerem madeira para o fabrico de papel).

publicado por Mafalda Avelar às 18:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Abril de 2009
"O Imperativo da Produtividade" de Diana Farrell

 

 

 “O Imperativo da Produtividade – Tendências Criticas em Economia e Gestão”, Editado por Diana Farrell, Actual Editora (colecção Harvard), 207 páginas, 19.9 euros
 
“Existe uma via para acelerar o crescimento do PIB: aumentar os níveis de produtividade do trabalho nas empresas” e para tal “a forma mais eficaz para os políticos ajudarem as empresas a aumentar a sua produtividade será através da criação de condições que propiciem o concorrência, agressiva mas justa, entre todas as empresas de cada sector de actividade” Esta são as duas conclusões desta obra, editada por Diana Farrell, anterior directora do McKinsey Global Institute e actualmente directora adjunta do Conselho Económico Nacional dos EUA e conselheira adjunta de Barack Obama. Esta antologia, que é a primeira de uma série de três livros dedicados à eficácia no mundo global, apela à acção de todos os estados independentemente do seu grau de desenvolvimento (“ a economia pode conquistar crescimento rápido antes de atingir os níveis característicos do “primeiro mundo”) e apresenta a concorrência, a produtividade e a correcta regulamentação como factores chave na promoção do crescimento económico.
 
 

publicado por Mafalda Avelar às 18:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Abril de 2009
"Quem Governa os Governadores?" de Rui Peres Jorge vence "Citi Journalistc Excellence Award"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rui Peres Jorge, jornalista económico, actualmente a trabalhar no Jornal de Negócios, vence mais um prémio. Desta vez  o galardão "Citi Journalistc Excellence Award" promovido pelo Citibank Portugal. O tema: a banca. A peça: "Quem Governa os Governadores?" (Primeira linha: Série 4 dias, Jornal de Negócios)

 

Parabéns Rui!   

 

Leia aqui os artigos vencedores.

 

In Jornal de Negócios

 

 

"O Negócios ganhou pelo segundo ano consecutivo o primeiro lugar no prémio de jornalismo económico "Citi Journalistc Excellence Award" promovido pelo Citibank Portugal.

A distinção foi para a Série 4 Dias "Quem governa os governadores?", na qual o jornalista Rui Peres Jorge analisou salários, funções e a independência dos banqueiros centrais do mundo, com enfase no caso português. O prémio, que está na segunda edição em Portugal, vai já na 26ª edição a nível internacional e consiste na participação numa acção de formação de duas semanas na Columbia University Graduate School of Journalism."

 

publicado por Mafalda Avelar às 19:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009
Novidade: "Muitas Cabeças Pensam Melhor"

 

 

 “Muitas Cabeças Pensam Melhor”, Barry Libert e Jon Spector com milhares de colaboradores, Lua de Papel, 175 páginas, 14 euros

 
“Como mobilizar o poder das multidões para o seu negócio?” esta é sem dúvida uma questão que muitos gestores têm em mente quando pensam no futuro e nas mudanças que estão a ocorrer na nossa sociedade encabeçadas pelos avanços tecnológicos. Envolvimento é o que todos procuram nesta era do despontar das redes sociais. Neste, que é considerado o primeiro wikibook da história e que foi elaborado com a participação “de milhares de colaboradores”, são apresentados muitos case –studies que descrevem o poder das multidões. Uma leitura fácil, repleta de bons exemplos e que tem como objectivo tirar partido das comunidades e redes sociais. Algo que está na mira dos gestores e que segundo estes autores contribui para o sucesso empresarial.

publicado por Mafalda Avelar às 19:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
. Grandes Reportagens

. Ideias em Estante

. Reportagens
.Livros em destaque
."o livro que me marcou"
Alberto João Jardim

António Pinto Barbosa

António de Almeida Serra

Arquimedes da Silva Santos

Carlos Carvalhas

Carlos Zorrinho

Francisco Murteira Nabo

Graça Almeida Rodriques

João Castello Branco

José Amado da Silva

José Hermano Saraiva

Leonor Beleza

Luís Portela

Manuel Serzedelo de Almeida

Valentim Xavier Pintado

Vasco Vieira de Almeida

Vítor Melícias

António de Sousa

Guilherme D´Oliveira Martins

José Veiga Simão

Pedro de Sampaio Nunes

Martins Lampreia

Agostinho Pereira de Miranda

Mª do Rosário Partidário

Carvalho da Silva

Carlos Tavares

EM BREVE: mais cerca de 50 outros ilustres convidados que ainda não estão transcritos para este blog

.resenhas de livros

- O Livro da Marca

- The Origin of Weath

- A Competitividade e as Novas Fronteiras da Economia

- Choque do Futuro

- Como a Economia Ilumina o Mundo

- Making Globalization Work

- OUTRAS

.autores entrevistados

Rampini, autor do Século Chinês


Stephen Dubner e Steven Levitt, autores de "Freakonomics"


Tim Hardford, autor de "O Economista Disfarçado"


António Neto da Silva, autor de "Globalização, Fundamentalismo Islâmico e Desenvolvimento Sustentável"


Ashutosh Sheshabalaya, autor de "Made in Índia"

.entrevistas (áudio)

Alberto João Jardim

.Novidades Editoriais

Actual Editora


Esfera dos Livros


Porto Editora


Pergaminho


Campo das Letras


blogs SAPO
.subscrever feeds