.Relógios do Mundo
Clique aqui para saber as horas em qualquer parte do Mundo

.Para o leitor

Qual o livro que mais o marcou? Partilhe aqui a sua opinião!


What is the book of your life? Share your opinion here!


Deixe os seus comentários e sugestões aos artigos do Blog. É fácil, não necessita de registo e torna este Blog mais interessante com o seu contributo. Para saber mais clique aqui



.Mais sobre mim
. Sobre a Mafalda




.links
.arquivos

. Maio 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Outubro 2005

.posts recentes

. Homenagem a Veiga Simão

. Ondjaki vence Prémio Lite...

. Cartas entre Drummond e J...

. "Papa Francisco - Convers...

. José Luís Peixoto o padri...

. José Gomes Ferreira e o s...

. O(s) prefácio (s) de Gasp...

. "Portugal: Dívida Pública...

. Agualusa vence Prémio Man...

. Conheça quais são as livr...

.pesquisar
 
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008
Dia Mundial do Livro - "O que não se escreve, esquece..."

Hoje é dia Mundial do Livro - daquele "ser" que, por vezes, tem tanta vida; outras tão pouca. Um livro é um livro - e, até tem personalidade própria. É uma das grandes obras que o homem pode deixar na terra... Por isso escreva, ofereça e sobretudo leia.

Neste dia mundial do livro uma palavra às editoras, que de distintas formas estão a comemorar este dia; e, uma palavra aos "produtores" deste ainda  novo mundo das tecnologias, que permitem que milhares de gentes possam - hoje - escrever o que possivelmente nunca iriam passar para o papel.  Se escrevemos hoje mais do que ontem...? Não sei!. Mas estou certa, que o registo on line, por exemplo de um blog, permite uma partilha inédita. Uma partilha que tal como um livro também "existe para ficar". 

 

"Blog to Book" não é uma ideia nova. Mas é uma ideia a reter. ..

Da minha parte, que independentemente das minha escritas impressas tenho um blog na SAPO: aqui fica o meu Muito Obrigada!. "O que não se escreve, esquece...". Obrigada por me ajudarem,através do vosso domínio, a manter a minha memória (que fica para o futuro para quem quiser ler) bem  (mais)preenchida.

      

publicado por Mafalda Avelar às 12:29
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008
News from the London Book Fair: "Friday Project deal 'imminent'"

Friday Project deal 'imminent', in thebookseller.com

Talks are continuing this week between HarperCollins UK and independent blogs-to-books publisher The Friday Project regarding a takeover. A deal is expected imminently with HC believed to be mulling a UK version of Bob Miller's US project, which will rely heavily on digital sales and marketing.

According to documents filed at Companies House, the blogs-to-books publisher owes £1.79m. Stephen Franklin of insolvency firm Panois Eliades, Franklin and Company said he expected the takeover to be completed "imminently". "Both sets of lawyers are trying to agree terms," he said.

Directors Scott Pack and Clare Christian were unavailable for comment.

publicado por Mafalda Avelar às 17:53
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008
Em conversa com o autor - Nelson Faria de Oliveira
Em conversa com o autor – Nelson Faria de Oliveira
 
Como falar bem em Público( Gestão Plus, 152 páginas, 11 euros)
 
 “Saber falar bem em público é uma arte. Um atributo cada vez mais valorizado neste mundo globalizado e competitivo.” Esta é a forte convicção de Nelson Faria de Oliveira, advogado de formação pela Pontífice Universidade Católica de São Paulo (Brasil) e autor do livro “Como falar bem em Público”. Para este profissional de oratória, que dá formação na área da comunicação a profissionais das mais distintas áreas (entre eles a empresários), este livro é o resultado de muitos anos de pesquisa, estudo e pratica da arte da oratória – “uma ciência milenar”, como faz questão de referir. Um dom que não nasce com todos mas que por todos pode ser desenvolvido e alcançado. Basta para isso “estudar, praticar e ler muito”. Como Faria de Oliveira diz “é preciso ter muito conhecimento para se ser um bom orador”. Por exemplo uma boa apresentação de uma hora requer em media entre 5 a 6 horas de preparação. Mas isso não é tudo. “Temos que estar sempre preparados para o imprevisto”. Afinal “ ninguém tem duas oportunidades de causar uma boa primeira impressão”. Com dupla nacionalidade, portuguesa e brasileira, este pós graduado pela Faculdade de Direito de Lisboa e pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, dá nesta obra 63 sugestões “para se exprimir com clareza” e em português, “uma das línguas mais importantes e faladas no mundo. Mais de 200 milhões de pessoas no nosso planeta utilizam-na para comunicar – e este número tem vindo a aumentar ao longo dos anos”, escreve no curto capítulo, de duas páginas, intitulado “Os falantes de língua portuguesa”. Como curiosidade “em conversa com o autor”, este profissional, esquivando-se a apresentar os maus exemplos da comunicação em português, apresenta os políticos Manuel Alegre e de António Guterres como dois exemplos de “quem tem a arte da oratória”. Em suma: “Em como falar bem em público” estamos perante um livro de leitura muito fácil, que tem como base a constatação de que “ a comunicação é um factor determinante no mundo altamente competitivo em que vivemos” e onde a ideia básica “ foi produzir um livro que apresentasse técnicas importantes relacionadas com uma comunicação adequada e agradável”. Algo cada vez mais valorizado em todas as profissões e que, segundo este autor, pode ser alcançado por todos. “Os poetas nascem feitos; os oradores formam-se”, conclui.
( In Expresso / Ideias em Estante/ 12 de Abril 08) 

publicado por Mafalda Avelar às 16:42
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008
Parceria: Leya e Casa Fernando Pessoa
Informação à Comunicação Social
Quarta-Feira, 09 de Abril de 2008  
 
LEYA E CASA FERNANDO PESSOA ESTABELECEM PARCERIA
 
A Leya estabeleceu este mês um acordo de parceria com a Casa Fernando Pessoa. O Protocolo, assinado entre a empresa e a Câmara Municipal de Lisboa, entidade gestora daquele espaço, visa a realização e o apoio à realização de eventos na Casa Fernando Pessoa, nomeadamente exposições, encontros literários, debates e colóquios.
 

Através do acordo celebrado, as duas entidades vão promover e produzir conjuntamente, no ano de 2008, eventos integrados na programação da Casa Fernando Pessoa.

 
À Casa Fernando Pessoa caberá, assim, a disponibilização dos seus espaços para a realização dos eventos objecto do acordo, cabendo à Leya colaborar nas actividades de promoção e divulgação dos eventos realizados nos termos do protocolo assinado.
 
O acordo este mês assinado vigorará até ao final de 2008.

publicado por Mafalda Avelar às 15:13
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Abril de 2008
"O livro que me marcou" - Miguel Beleza
Uma das obras que mais marcou Luís Miguel Couceiro Pizarro Beleza, licenciado em Economia pela Universidade Técnica de Lisboa e Ph.D. também em Economia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) foi um paper de Gary Stanley Becker, reconhecido economista americano, laureado em 1992 com o prémio Nobel de Economia e que recebeu o ano passado a “United States Presidential Medal of Freedom”. Para o ex-ministro das Finanças e ex-governador do Banco de Portugal, “Crime and Punishment: An Economic Approach”, artigo publicado em “The Journal of Political Economy (Vol. 76, No. 2. (Mar. - Apr., 1968)” “é um dos papers deste homem da Universidade de Chicago que fala da procura e da oferta do crime e que permite distinguir os vários tipos de crime”. Basicamente o que este paper apresenta, segundo palavras de Beleza, é a classificação dos diversos tipos de crime, a verificação de quem os comete e uma análise detalhada dos incentivos pró e contra. Estabelecendo uma analogia com o actual momento Beleza fala por exemplo dos impostos, da fuga aos mesmos e das situações de trabalho precário. “Após a leitura deste paper descobri que o que interessa não é a seriedade da pena mas sim a certeza de um castigo rápido. Castigar directamente. O que é necessário é castigar de forma rápida e eficaz ainda que seja de forma leve”. Esta foi uma das principais conclusões que Beleza retirou desta obra de Becker, reconhecido pela sua abordagem sociológica da economia e que transmite, segundo Beleza, uma ideia chave: “o que interessa são os incentivos. As pessoas quanto mais aparentemente burras mas respondem aos incentivos.”. Dai a necessidade de ter uma justiça que funcione.Citando Adam Smith, Beleza que actualmente é consultor do Millenium BCP e professor da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, recorda que “já Smith afirmava que para assegurar o desenvolvimento é preciso justiça, impostos leves e pouco estado”. Terminando Beleza faz questão de referir ainda na categoria das obras que mais o marcaram “as sebentas de Alfredo de Sousa” nomeadamente as que explicam a relação entre rendimento e crescimento.
 (in Ideias em Estante/ Expresso - 5 de Abril 08)
 

publicado por Mafalda Avelar às 09:54
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Abril de 2008
Novidades para os filhos

Este blog passará a ter num futuro muito próximo uma secção de novidades editoriais  para os mais novos. Será um espaço dedicado às novidades editoriais para as crianças. Pelo que  - e, se tiver sugestões - lhe peço se me pode escrever para mafalda@sapo.pt

 

Obrigada!

publicado por Mafalda Avelar às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
. Grandes Reportagens

. Ideias em Estante

. Reportagens
.Livros em destaque
."o livro que me marcou"
Alberto João Jardim

António Pinto Barbosa

António de Almeida Serra

Arquimedes da Silva Santos

Carlos Carvalhas

Carlos Zorrinho

Francisco Murteira Nabo

Graça Almeida Rodriques

João Castello Branco

José Amado da Silva

José Hermano Saraiva

Leonor Beleza

Luís Portela

Manuel Serzedelo de Almeida

Valentim Xavier Pintado

Vasco Vieira de Almeida

Vítor Melícias

António de Sousa

Guilherme D´Oliveira Martins

José Veiga Simão

Pedro de Sampaio Nunes

Martins Lampreia

Agostinho Pereira de Miranda

Mª do Rosário Partidário

Carvalho da Silva

Carlos Tavares

EM BREVE: mais cerca de 50 outros ilustres convidados que ainda não estão transcritos para este blog

.resenhas de livros

- O Livro da Marca

- The Origin of Weath

- A Competitividade e as Novas Fronteiras da Economia

- Choque do Futuro

- Como a Economia Ilumina o Mundo

- Making Globalization Work

- OUTRAS

.autores entrevistados

Rampini, autor do Século Chinês


Stephen Dubner e Steven Levitt, autores de "Freakonomics"


Tim Hardford, autor de "O Economista Disfarçado"


António Neto da Silva, autor de "Globalização, Fundamentalismo Islâmico e Desenvolvimento Sustentável"


Ashutosh Sheshabalaya, autor de "Made in Índia"

.entrevistas (áudio)

Alberto João Jardim

.Novidades Editoriais

Actual Editora


Esfera dos Livros


Porto Editora


Pergaminho


Campo das Letras


blogs SAPO
.subscrever feeds